Força de Contingência realiza treino final para a Rio 2016

0
1764
(Imagem: Bda Inf Pqdt)

A Brigada de Infantaria Pára-quedista (Bda Inf Pqdt), Força de Contingência (FOCON) do Coordenador Geral de Defesa de Área (CGDA) para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, realizou entre13 a 24 de junho, a última fase de preparo das tropas paraquedistas para os eventos.

Essa fase, batizada de Operação Águia Olímpica, teve como objetivo adestrar e avaliar os Batalhões Olímpicos e Elementos de Apoio em atividades de patrulha a pé e motorizada, postos de bloqueio e controle de vias urbanas (PBCVU), ponto de segurança estático (PSE), operação de controle de distúrbio (OCD), prisão e condução de presos, evacuação de militar, estabelecimento de Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM), desobstrução de vias e gerenciamento de crise, além de testar os sistemas de comando e controle dos Batalhões Olímpicos.

Grande parte do exercício foi desenvolvido em locais de grande circulação de atletas ou no interior dos espaços de competição. (Imagem: Bda Inf Pqdt)
Grande parte do exercício foi desenvolvido em locais de grande circulação de atletas ou no interior dos espaços de competição. (Imagem: Bda Inf Pqdt)

Para tornar o treinamento mais real, grande parte do exercício foi desenvolvido em locais de grande circulação de atletas, ou no interior dos espaços de competição, tais como Centros Olímpicos de Tiro, Hipismo e Hóquei sobre a grama, Arena da Juventude, Estádio Olímpico do Engenhão e Vila dos Atletas.

O 1º Batalhão de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (1º Btl DQBRN), o Centro de Avaliação e Adestramento do Exército (CAAdEx) e a Força de Coordenação de Escolta (FCoorEsct) também contribuíram com o exercício final de preparo da FOCON.

Ivan Plavetz