FAB realiza Workshop sobre estruturas de material composto

0
1363

O Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP) sediou o 1º Workshop sobre reparos em estruturas aeronáuticas de material composto e ensaios não-destrutivos.

Com menor peso, alta resistência à corrosão, design suave e aerodinâmico, os materiais compostos (por exemplo, fibra de caborno) são utilizados na fabricação das aeronaves modernas, como o KC-390, o Gripen NG e os veículos remotamente pilotados, o RQ-450 (Hermes 450) e o RQ-900 (Hermes 900).

O objetivo do Workshop foi apresentar aos técnicos e engenheiros do PAMA-SP tarefas básicas de identificação e execução de reparo de estruturas de aeronaves existentes, além de preparar os militares para que possam lidar com as novas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), o KC-390 e o Gripen NG.

De acordo com o tenente-engenheiro Leonardo Ernane da Rocha, a primeira aeronave reparada pelo PAMA-SP com estrutura de material composto, não metálica foi um veículo aéreo não tripulado. “A manutenção foi um sucesso e nos motivou a promover o Workshop para conhecer métodos de reparos mais atuais”, declarou.

O evento promovido em parceria com consórcio holandês ICRIT (Integrated Composite Repair, Inspection & Training) especializado em treinamento, contou com a participação 30 militares, entre eles, engenheiros e sargentos especialistas.

Workshop sobre inspeção e reparos em estruturas de materiais compostos (Imagem PAMA-SP)
Workshop sobre inspeção e reparos em estruturas de materiais compostos (Imagem: PAMA-SP)

Durante o curso prático, os militares puderam simular danos nos materiais e aprender os melhores métodos para repará-los.

“O Parque de Material Aeronáutico de São Paulo está sempre acompanhando os avanços tecnológicos referentes aos reparos de estruturas de materiais compostos, e posso afirmar que estamos capacitados para receber o Gripen NG”, ressaltou o coordenador do Workshop, tenente-coronel aviador Sandro Rondon Rett.

 

Ivan Plavetz