Exército faz encomenda bilionária de viaturas Guarani

0
12566

O Comando Logístico do Exército Brasileiro (COLOG) assinará com a IVECO Veículos de Defesa um contrato correspondente à produção seriada de 1.580 viaturas blindadas VBPT-MR 6×6 Guarani.

Essa frota será entregue em quatro lotes (723, 547, 275 e 35 unidades) ao longo dos próximos 20 anos, e compreenderá versões de transporte de tropas, comunicações, posto de comando, ambulância e armada.

Muitos desses veículos serão equipados com torres blindadas e estações de armas remotamente controladas REMAX, da ARES Defesa & Aeroespacial, e UT-30BR, da AEL Sistemas. O valor total do negócio está avaliado em quase 6 bilhões de reais.

A diferença entre o valor total referente às viaturas e o valor total estimado citado no Diário Oficial da União (DOU) fica por conta de itens como Manuais de Instrução, Conjunto de Ferramentas, Manutenção, Instalação e Montagens não especificados nos extratos de Inexigibilidade de Licitação publicado no dia 18 de novembro.

(Imagem Ministério da Defesa)
(Imagem: Ministério da Defesa)

Mais dados sobre o programa

Inicialmente foram adquiridos e pagos 16 Protótipos e 86 LED (Lote de Experimentação Doutrinária), totalizando 102 VBTP MR em 2012. No anos seguinte, o Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército (DCT) contratou mais 26 LED. Foram retirados e pagos ao longo de 2014.

Em 2014 o DCT contratou mais 60 LED. Essa unidades foram retiradas e pagas ao longo de 2015/2016. Os dois últimos foram liquidados em setembro deste ano. Com isso, 188 VBTP MR foram entregues e pagas pelo EB.

Note-se que a licitação maior, realizada por último, de 1.580 viaturas Guarani, foram efetuadas pelo COLOG e não mais pelo DCT.

(Imagem IVECO)
(Imagem: IVECO)

 

Ivan Plavetz