Exército dos Estados Unidos testa novo sistema para snipers

0
4193

O Exército dos Estados Unidos (US Army) conduziu testes de um novo sistema de controle do fogo para snipers denominado Ballistically Optimized Sniper Scope (BOSS).

De acordo com fontes do US Army, trata-se de uma solução completa destinada a aumentar a eficiência dos atiradores de elite. O BOSS é um sistema totalmente integrado e automatizado montado sobre rifle empregando-se trilho Picatinny. Dotado de óptico de visada direta de elevada precisão, possui ampliação variável entre 6 e 22 vezes, além de contar com pontaria laser ópticamente segura. O sistema também possui um conjunto interno de sensores ambientais, inclinômetro para orientação da arma e sofisticado calculador balístico.

Este último emprega dados de alcance, condições ambientais e orientação da arma para computar uma solução balística específica, fornecendo ao atirador um ponto de mira ajustado no seu visor.

Durante todo o tempo o atirador mantém o olho do visor do dispositivo, sem perder a visão do alvo. Isso permite que ele mantenha uma melhor consciência situacional e evita tempo extra e esforço para eventual recuperação do alvo.

De acordo com o US Army, o BOSS proporciona operações de franco-atirador a prova de falhas em casos com eventuais interrupções no fornecimento de energia e panes eletrônicas.

O US Army adquiriu um lote de protótipos para demonstração do BOSS e avaliou no ano passado em várias de suas bases militares e centros de testes.

Segundo fontes do exército norte-americano, os protótipos foram testados contra alvos de tamanho pessoal até os limites máximos de alcance efetivos dos sistemas atualmente em operação.

Caso o US Army decida pela produção e incorporação do BOSS, isso deverá ocorrer somente a partir de 2020.

 

Ivan Plavetz