Exército Brasileiro em manobras: Operação Treme Cerrado

0
3025
Imagem 1 OperaçãoTremeCerrado-EB
(Imagem: Exército Brasileiro)

O Exército Brasileiro está realizando, desde o último sábado (17), a Operação Treme Cerrado. A atividade consiste em um grande adestramento de tropa e acontece no Campo de Instrução de Formosa, a 100 quilômetros de Brasília (DF). Alguns carros de combate VBTP-MR Guarani estão sendo utilizados pela primeira vez em uma ação dessa natureza.

Os blindados encontram-se na 3ª Brigada de Infantaria Motorizada, sediada em Cristalina (GO). Também será empregado o Sistema de Lançadores Múltiplos de Foguetes Astros 2020. A tecnologia possui capacidade de disparo de diferentes calibres em uma mesma plataforma e atinge alvos localizados a até 80 quilômetros de distância. O Guarani e o Sistema Astros são parte dos projetos estratégicos da Força Terrestre.

Imagem 2 OperaçãoTremeCerrado-EB.
Carros de combate Guarani chegam para a Operação Treme Cerrado. (Imagem: Exército Brasileiro)

Outro equipamento que está sendo empregado no exercício é o radar de vigilância aérea Saber M60. O sistema acompanha alvos aéreos por meio de emissão de radiofrequência. Ao longo desta semana, estão previstas manobras, tiros de foguetes e artilharia e saltos de paraquedistas.

Coordenada pelo Comando Militar do Planalto (CMP), a Operação Treme Cerrado tem o objetivo de adestrar as tropas do CMP em combate, para manter o pronto-emprego dos recursos humanos e materiais do Exército. Ao todo, estão empenhados na missão 2.000 militares de quartéis situados em Tocantins, Goiás, Distrito Federal e Triângulo Mineiro.

Ivan Plavetz