Esquadra Japonesa visita o Brasil

0
2281

A Esquadra de Treinamento 2015, da Força Marítima de Autodefesa do Japão, atracou no Porto do Recife (PE), na manhã, com fortes chuvas, do dia 28 de julho. Permaneceu na capital pernambucana até a última sexta-feira (31).

Durante esse período, cumpriu uma agenda cheia de atividades culturais e esportivas, sendo a principal delas as primeiras comemorações pelos 120 anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre Japão e Brasil.

A Esquadra é comandada pelo contra-almirante Yasuki Nakahata e é composta pelos navios de treinamento Kashima (TV3508), sob o comando do capitão de mar-e-guerra Teruo Osawa; pelo Shimayuki (TV3513), sob o comando do capitão de fragata Seiichi Koakutsu; e pelo navio de escolta Yamagiri (DD152), comandado pelo capitão de fragata Seiichi Hashimoto. São aproximadamente 710 militares, sendo 169 guardas-marinhas recém formados.

Na chegada, saudações de ambos os lados. O Kashima, o primeiro navio a atracar, executou salva de 21 tiros de canhão, e o mesmo foi feito pelo lado brasileiro através dos obuseiros do 7º Grupo de Artilharia de Campanha do Exército. As bandas da Marinha do Brasil e a japonesa deram um tom bem festivo à recepção, tendo os japoneses surpreendido ao tocar o frevo Vassourinhas.

De Recife o Kashima segue para o Rio de Janeiro (RJ). O Yamagiri e o Shimayuki seguem para Santos (SP).

A Esquadra iniciou sua navegação transoceânica de instrução em 21 de maio e retornará ao Japão em 27 de outubro de 2015, quando terá visitado 12 países e navegado aproximadamente 29.500 milhas náuticas em 160 dias.

Principais características técnicas dos navios

Kashima (TV3508)

Deslocamento padrão: 4.050 ton

Dimensões principais: 143x18x4,6m (comp x larg x calado)

Propulsão: 2 turbinas a gás-diesel de 2 eixos (27.000 hp)

Velocidade: 25 nós

Armamento principal: 1 canhão de tiro rápido de calibre 76mm L/62

2 tubos lançadores de torpedos triplos

Yamagiri (DD152)

Deslocamento padrão: 3.500 ton

Dimensões principais: 137×14,6×4,5m

Propulsão: 4 turbinas a gás de 2 eixos (54.000 hp)

Velocidade: 30 nós

Armamento principal: 1 canhão de tiro rápido de calibre 76mm L/62,

2 canhões automáticos de 20mm (Phalanx CIWS),

1 lançador de mísseis antinavio,

1 lançador de mísseis antiaéreos,

1 lançador de mísseis anti-submarino,

2 tubos lançadores de torpedos triplos,

1 helicóptero de patrulha SH-60J

Shimayuki (TV3513)

Deslocamento padrão: 3.050 ton

Dimensões principais: 130×13,6×4,4m

Propulsão: 4 turbinas a gás-diesel de 2 eixos (45.000 hp)

Velocidade: 30 nós

Armamento principal: 1 canhão de tiro rápido de calibre76mm L/62,

2 canhões automáticos de 20mm (Phalanx CIWS),

1 lançador de mísseis antinavio,

1 lançador de mísseis antiaéreos,

1 lançador de mísseis anti-submarino,

2 tubos lançadores de torpedos triplos

 

Silvio Maciel
texto e fotos