Espanha adquire sistema aéreo não tripulado

0
1232
(Imagem: GA-ASI)

A General Atomics Aeronautical Systems, Inc. (GA-ASI), empresa norte-americana especializada em sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA conforme sigla em inglês), radares e sistemas eletro-ópticos, entre outras soluções de missão, anunciou hoje a seleção por parte da Espanha do sistema RPA Predator® B/MQ-9 Reaper®para dar suporte aos requerimentos das Forças Armadas daquele país para tarefas de vigilância e reconhecimento. Para desenvolver o negócio a GA-ASI estabeleceu parceria com a espanhola SENER.

O Ministério da Defesa da Espanha encomendou junto à GA-ASI a entrega de um sistema do modelo, que inclui quatro plataformas aéreas Predator B equipadas com sensores eletro-ópticos e infravermelhos (EO/IR) MTS-B e radar multimodo Lynx Block 20A, duas estações de controle terrestre  (GCS) Block 30, sistema de comunicações por satélite (SATCOM) e datalink para comunicações na linha do horizonte (LOS). O negócio está sendo fechado de acordo com entendimentos entre Estados Unidos e Espanha realizados via Foreign Military Sales (FMS).

O vice-presidente da SENER, Andrés Sendagorta, disse que a companhia, associada com a GA-ASI para o projeto do RPA MALE (Medium-Altitude Long- Endurance) na Espanha, está preparada para fornecer todas as capacitações necessárias para as Forças Armadas da Espanha com propósito de alcançar a melhor integração do novo sistema. Sendagorta acrescentou que o MQ-9 é considerado o melhor sistema de sua classe para o qual a SENER providenciará apoio por muitos anos, sendo que esse RPA contribuirá significativamente com a Defesa e Segurança da Espanha providenciando ampla proteção.

A Espanha será o quarto usuário do Predator B na Europa. (Imagem: GA-ASI)

O Predator B é uma plataforma aérea multimissão da classe MALE cuja capacidade de carga útil é da ordem de 386 Kg internamente e 1.700 Kg externamente. Ele pode alcançar altitude de até 15.240 metros e voar 27 horas sem interrupção. Complementando essa capacidade, a SENER e a indústria da Espanha alavancarão suas comprovadas engenharias e experiências em manufatura para optimizar a sustentabilidade e capacidade do sistema Predator B com vistas a apoiar as Forças Armadas da Espanha.

Atualmente está operacional com a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), Real Força Aérea do Reino Unido (RAF), Força Aérea da França e da Itália. Foi desenvolvido para prover consciência situacional sem similar, salvaguardar fronteiras, realizar abordagens marítimas, suportar missões militares ao redor do mundo e salvar vidas após desastres naturais. A atual frota de 245 Predator B já ultrapassou a marca de um milhão de horas de voo desde a primeira decolagem em 2001.

Ivan Plavetz