Entregue o primeiro Panther MBe para a Marinha do México

0
1280

Foi entregue o primeiro dos dez helicópteros AS 565 Panther MBe encomendados pela Marinha do México.

Esse primeiro exemplar será transportado via aérea a bordo de um Boeing 747 no próximo mês, quando serão iniciados os voos de treinamento.

Um segundo AS 565 Panther MBe deverá ser entregue no mesmo mês e mais dois em novembro informou a fabricante. Os demais chegarão no México ao longo de 2017 e 2018. Apesar do cronograma divulgado, as autoridades mexicanas esperam que o lote seja completado integralmente ainda em 2017.

Imagem Airbus Helicopters
Imagem Airbus Helicopters

Os Panther MBe cumprirão um variado leque de missões, incluindo busca e salvamento (SAR), apoio aéreo em casos de desastres, evacuação aeromédica, combate ao tráfico de drogas e proteção costeira.

A Airbus considera as primeiras entregas de AS565 MBe um importante marco para a empresa e para sua família de helicópteros, que alcançou as mil unidades atualmente em operação em 72 países e que tem acumulado mais de 5 milhões de horas voadas.

De acordo com a Airbus Helicopters, o modelo combina novas e comprovadas tecnologias começando pelo motor Safran Arriel 2N, que melhoraram as performances da aeronave em ambientes altos e quentes, bem como garantem velocidade máxima de cruzeiro de 278 Km/h e autonomia de 780 Km.

O Panther MBe recebeu uma nova caixa principal de transmissão,um rotor de cauda de ultima geração e piloto automático de quatro eixos que reduz a carga de trabalho da tripulação e aumenta a performance durante operações como SAR. A fabricante enfatiza ainda a segurança da aeronave, seus reduzidos custos operacionais e facilidade de manejo.

O Panther MBe incorpora novas tecnologias incluindo motorização de desempenho superior..........Imagem Airbus Helicopters
O Panther MBe incorpora novas tecnologias incluindo motorização de desempenho superior (Imagem Airbus Helicopters)

Pilotos mexicanos estão recebendo atualmente treinamentos nas instalações da Airbus Helicopters de Cingapura com a finalidade de conversão operacional para o tipo, sendo que cada um deles deverá completar cerca de 10 horas de voo no modelo para sua qualificação.

A Marinha do México opera atualmente quatro AS565MB em missões do mesmo perfil que os MBe cumprirão, todos sediados no Esquadrão Aeronaval 123.

Ivan Plavetz