ELTA Systems e CNI estabelecerão uma academia de defesa cibernética no Brasil.

0
777

A ELTA System, grupo e subsidiária da Israel Aerospace Industries (IAI) e o SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial estabelecerão uma academia de defesa cibernética no Brasil.

Os esforços mútuos do SENAI e da ELTA permitirão criar um centro de excelência em conhecimento cibernético e treinamento de capacitação para formar profissionais para enfrentar as crescentes ameaças de atividades hostis cibernéticas. Além disso, estabelecer uma base para desenvolver capacidades de pesquisa para o campo de segurança cibernética avançada adaptada para as necessidades brasileiras.

O SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial é uma organização sem fins lucrativos administrada e organizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) que tem por missão proporcionar educação e capacitação técnica e profissional e promover a transferência e inovação de tecnologia no Brasil.

A ELTA Systems é uma das principais empresas de eletrônicos de defesa de Israel e líder global no campo de Inteligência, Alerta Antecipado, Segurança Interna e Defesa Cibernética.

Líder do Consórcio de Empresas Cibernéticas de Israel (IC3) e do Consórcio de Empresas Cibernéticas de Aviação de Israel (IAC3), consórcios estabelecidos sob o auspício do Ministério da Economia de Israel, estes reúnem um grupo diversificado das principais empresas cibernéticas de Israel com domínios complementares de especialização, a fim de fornecer soluções cibernéticas holísticas de ponta a ponta, em nível nacional e para a aviação comercial.

Yoav Tourgeman, presidente da ELTA e vice-presidente Executivo da IAI, disse: “os esforços mútuos do SENAI e da ELTA promoverão a futura cooperação entre as empresas israelenses e brasileiras de IP e permitirão o estabelecimento de uma academia de defesa cibernética, promovendo o aumento da capacidade cibernética no Brasil. Isso permitirá que as indústrias israelenses e brasileiras ofereçam serviços de consultoria, treinamento e gerenciamento baseados em metodologias e procedimentos de nível nacional, e busquem conjuntamente novas tecnologias futuras que atendam aos crescentes desafios do domínio cibernético”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here