DCNS entrega segundo LHD da classe Mistral para o Egito

0
1689
O LHD Anwar El Sadat faz parte da parceria estratégica firmada entre França e Egito. (Imagem: DCNS)

A francesa DCNS entregou hoje (16) o segundo navio porta-helicópteros da Classe Mistral para a República Árabe do Egito. Trata-se do LHD (Landing Helicopter Dock) Anwar El Sadat.

A cerimônia de transferência de bandeira foi realizada com a presença dos comandantes das Marinhas do Egito e da França, almirantes Osama Mounir Rabei e Christophe Prazuk, respectivamente, do CEO da DCNS, Hervé Guillou, e do presidente da STX France, Laurent Casting, além de outros convidados especiais dos dois países.

Até 2020 a DCNS irá suprir sete navios de combate para o Egito com o propósito de modernizar a frota da Marinha daquele país.

Hervé Guillou disse que a entrega do LHD Anwar El Sadat é uma demonstração do compromisso que a DCNS vem cumprindo com o Egito para expandir a Força Naval. Guillou reafirmou o total comprometimento da DCNS e seus parceiros com o programa, incluindo a STX France, bem como destacou a importante participação do governo da França na concretização do projeto.

Um contrato para fornecimento de dois LHD da Classe Mistral foi assinado com o Ministério da Defesa da República Árabe do Egito no dia 10 de outubro de 2015. O primeiro deles, o LHD Gamal Abdel Nasser, foi entregue no dia 02 de junho deste ano. O comissionamento dos dois LHD faz parte da parceria estratégica iniciada em julho de 2014, ocasião na qual foi assinado contrato para venda de quatro corvetas da Classe Gowind seguido da entrega da fragata multimissão da Classe FREEM Tahya Misr para a Marinha do Egito em agosto de 2015.

A DCNS também assinou um compromisso de longo prazo com a Marinha do Egito principalmente para prestar assistência técnica plurianual para os navios fornecidos ao país árabe. Os acordos franco-egípcios contemplam também transferência de tecnologia para permitir que o estaleiro egípcio Alexandria construa três das quatro corvetas da Classe Gowind adquiridos em 2014.

O  LHD Anwar El Sadat suspenderá dentro de alguns dias de Saint-Nazaire rumo ao porto de Alexandria. Na ocasião as Marinhas do Egito e da França realizarão manobras conjuntas. Desde o último mês de junho 180 marinheiros egípcios estão recebendo treinamento em Saint-Nazaire a bordo do novo navio com suporte de instrutores da DCNS, sendo que está prevista a passagem de 400 marinheiros pelo programa de instrução.

Com 199 metros de comprimento, peso de deslocamento de 22 mil toneladas, capacidade de navegar a 18 nós e impulsionado por um sistema diesel-elétrico, a DCNS afirma que os LHD da Classe Mistral são caracterizados por sua elevada capacidade de transportar tropas, equipamentos, helicópteros pesados e lanchas de desembarque, o que faz dele um poderoso instrumento de projeção de forças.

Por ter um equipado hospital a bordo, o navio está apto para cumprir missões humanitárias em larga escala. A DCNS destaca também o sistemas de comunicações de alta capacidade integrado nos LHD Mistral fazendo dele um navio ideal para exercer atividades de comando durante operações conjuntas com outras unidades navais.

Fruto da colaboração entre a DCNS e STX France, os três primeiros LHD Mistral, denominados Mistral, Tonnerre e Dixmunde, foram entregues para a Marinha da França em 2006, 2007 e 2012, respectivamente.

Ivan Plavetz