Dassault tenta garantir venda do Rafale para Índia

0
2250
Foto 1 MMRCA-Índia.
(Imagem: Dassault Aviation)

De acordo com informações procedentes da Índia, o ministro da Defesa daquele país, Manohar Parrikar, reiterou que aviões de combate Sukhoi Su-30MKI, modernizados com novas suítes de guerra eletrônica (EW), podem vir a ser uma alternativa viável com relação ao processo de compra de 126 Dassault Rafale no âmbito do programa Medium Multirole Combat Aircraft (MMRCA).

Parrikar teria dito durante entrevista concedida ao programa “Headlines Today” de uma emissora de TV local, que a opção Su-30 modernizado é consistente principalmente pela integração de equipamentos de EW no estado da arte que tornará esses aviões mais capazes.

O ministro indiano tem sugerido essa alternativa em suas entrevistas, sendo que na última, concedida em dezembro do ano passado, relatou haver dificuldades nas negociações envolvendo o Rafale, modelo declarado vencedor do MMRCA em janeiro de 2012.

A agência de noticias Reuters em sua edição eletrônica de ontem (14) confirmou que uma delegação francesa irá para a Índia tratar de assuntos referentes ao impasse nas negociações já mencionadas na tentativa de recuperar a preferencia dos indianos pelo avião de combate da Dassault.

Ivan Plavetz