Curso de Operação do Sistema de Armas UT30 BR da Viatura Guarani (ARES).

0
2513

O Curso de Operação do Sistema de Armas UT30 BR da Viatura Guarani foi ministrado por técnicos da empresa brasileira ARES Aeroespacial e Defesa S.A, nas instalações do Centro de Instrução de Blindados em Santa Maria (RS), no final de novembro corrente.

Diversas instruções teóricas e práticas sobre a torre UT30 BR, seus armamentos, equipamentos e técnicas avançadas de tiro foram apresentadas, como a operação do monitor, dos punhos do atirador e do comandante, e a realização do tiro real com munição 30 mm e 7,62 mm.

(Imagem: Exército Brasileiro)

A viatura Guarani armada com a torre UT-30BR possui três armamentos: o canhão automático 30 mm ATK BushMaster MK44, a metralhadora coaxial 7,62mm e o lançador de granadas fumígenas 76mm.

O canhão possui funcionamento elétrico, tipo Chain Gun, onde o conjunto ferrolho do canhão se movimenta através do movimento cíclico de uma corrente, não sendo necessária a utilização dos gases oriundos dos disparos para rearmar.

Este modo de funcionamento proporciona um índice muito baixo de incidentes de tiro e fácil manutenção.

Algumas das VBTP-MR 6×6 Guarani estão equipadas com a torre não tripulada UT30BR (Unmanned Turret 30 mm Brazil), fabricada pela empresa Ares Aeroespacial e Defesa. Esse tipo de arma fornece um significativo incremento no poder de fogo do carro. Observar os pneus esvaziados para a travessia de curso dágua.

A torre possui dois cofres de munição 30 mm, um com capacidade para 50 cartuchos e outro para 150, então, é possível alimentar o canhão com até dois tipos de munição (perfurante e explosiva) simultaneamente.

Sua cadência inicial é de 200 tiros por minuto e a arma é controlada por uma central eletrônica dedicada. O alcance da munição perfurante é de 3.000 metros e da munição explosiva, 2.000 metros.

A munição é toda estocada na parte externa da viatura, aumentando as chances de sobrevivência da tropa caso o veículo seja atingido por disparos anticarro ou acione minas terrestres.

A metralhadora automática coaxial 7,62 mm proporciona alta expectativa de impacto a 500 metros e possui uma cadência de tiro de aproximadamente 700 tiros por minuto (regulável). Diferentemente do canhão, os gases dos disparos são aproveitados para o funcionamento (rearme) da metralhadora.

O terceiro armamento é o lançador de fumígenas, que pode disparar até oito granadas a aproximadamente 30 metros de distância, formando uma cortina de fumaça com cerca de 100 metros de frente.

A cortina de fumaça dificulta a observação da viatura a olho nu e protege a mesma contra a telemetria laser dos armamentos inimigos. O operador pode disparar quatro ou oito granadas simultaneamente.

O dispositivo de detecção para ameaça laser conhecido como ELAWS (Elbit’s Laser Warning System) alerta o comandante e o atirador quando a torre recebe uma ameaça laser inimiga, informando a direção de origem.

Em uma situação de combate, quando detectada a ameaça, o operador pode configurar a torre para apontar automaticamente na direção ou manualmente, bastando pressionar um botão para realizar o apontamento.

Automatic Target Tracking (Acompanhamento Automático de Alvos), também conhecido como “auto tracking”, é um recurso que permite ao comandante ou ao atirador realizar o acompanhamento de alvos sem a necessidade de interferência humana.

A função “Hunter- Killer” (Caçador-Matador) possibilita ao comandante trazer o armamento para a direção em que ele estiver observando, independente da vontade do atirador.

Por exemplo, suponha-se que o atirador esteja apontando o canhão para uma determinada direção e o comandante observando em outra.

Caso o comandante decida engajar o seu alvo, traz o canhão para seu comando e executa o disparo, sem a interferência do atirador.

Dados Técnicos
Munição 30 x 173mm

Munição desenvolvida para a Viatura Brasileira Transporte de Pessoal – Média sobre Rodas (VBTP-MR) Guarani, estojo em aço. Uso canhão Bushmaster II MK-44 Alliant Techsystems

Munição Peso Projétil (g) Velocidade (m/s)
30 x 173 mm EX-T 372 1.080
30 x 173 mm AEI 378 1.020

Características dos Projéteis

EX-T Exercício Traçante – Destinado ao treinamento com a vantagem da trajetória poder ser visualizada.

AEI ( Alto Explosivo Incendiário): A espoleta da ogiva utilizada nesse projétil possui funcionamento instantâneo quando ocorre o impacto contra o alvo.

A Munição AEI pode ser usada tanto contra viaturas blindadas, todos os transportes de tropas, como em operações típicas MOUT.

Vários blindados em operação no mundo atualmente são equipados com o canhão Bushmaster II MK-44, como várias versões do CV90 (Suécia, Finlândia e Suíça), Pandur II (Portugal) e Rosomak–Patria (Polônia).