Comandante do Exército do Chile visita o Exército Brasileiro

0
2928
(Imagem: Exército Brasileiro)

Na última segunda-feira (25), o general-de-exército Humberto Patricio Ovideo, comandante do Exército do Chile, acompanhado por uma comitiva de militares chilenos, visitou o Quartel General do Exército (QGEx), em Brasília.

Os visitantes assistiram a uma palestra sobre os Projetos Estratégicos do Exército Brasileiro, ministrada pelo general-de-brigada Guido Amin, chefe do Escritório de Projetos do Exército (EPEx) e, após a palestra, visitaram uma exposição composta por viaturas, radares, munições e armamentos.

O objetivo da visita foi intensificar intercâmbio e discutir oportunidades de cooperação bilateral. (Imagem: Exército Brasileiro)
O objetivo da visita foi intensificar intercâmbio e discutir oportunidades de cooperação bilateral. (Imagem: Exército Brasileiro)

O EPEx apresentou a viatura VBTP (Viatura Blindada de Transporte de Pessoal) Guarani que faz parte de família de blindados sobre rodas, e de fabricação nacional. Outras viaturas da exposição foram as do Projeto Astros 2020, integrada por um veículo de comando e controle e uma viatura móvel lançadora, capaz de lançar mísseis e foguetes de distintos calibres.

A comitiva também conheceu o radar de vigilância Saber M60, do Projeto Defesa Antiaérea, produto de tecnologia nacional desenvolvido pelo Centro Tecnológico do Exército (CTEx) e fabricado pela empresa brasileira BRADAR. O equipamento tem um alcance de 60 Km e possui capacidade de visualizar e classificar até 40 alvos simultâneos, transmitindo as informações em tempo real para o Centro de Operação Antiaérea.

Durante a visita ao QGEx, o General Ovideo também conheceu armas e equipamentos de fabricação brasileira. (Imagem: Exército Brasileiro)
Durante a visita ao QGEx, o General Ovideo também conheceu armas e equipamentos de fabricação brasileira. (Imagem: Exército Brasileiro)

A comitiva chilena visitará também o Comando Militar da Amazônia (CMA) e o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), ambos sediados em Manaus, além da 1ª Brigada de Infantaria de Selva (Boa Vista/RR) e do Pelotão Especial de Fronteira Surucucu, no interior do Estado de Roraima.

Ivan Plavetz