China revela seu novo avião militar de transporte

0
1535
Foto1Zhuhai2014NewTransp.
(Imagem: Chinese Internet)

Mantendo relativamente acelerada a cadência de revelações de projetos de aeronaves militares chinesas, predominante nos primeiros anos desta década, o Show Aéreo de Zhuhai 2014, mostra internacional aeroespacial anual promovido na China entre os dias 11 e 16 de novembro, foi palco de exibição de novos, e em alguns casos surpreendentes, projetos do setor aeroespacial concebidos pela engenharia desta potência oriental.

Entre os novos desenvolvimentos revelados, um deles chamou a atenção dos visitantes. Trata-se do Y-30 (identificação ainda não oficial), um quadrimotor turboélice de transporte militar com características similares àquelas encontradas no A400M da europeia Airbus Defence & Space. Em processo de desenvolvimento pela Aviation Industry Corporation of China (AVIC), o novo avião, segundo fontes da companhia, terá capacidades intermediárias entre o Y-9 (versão aperfeiçoada do Y-8, modelo baseado no popular Antonov An-12 “Cub”) capaz de transportar cargas de até 25 toneladas e o Y-20, de transporte estratégico produzido pela Xian Aircraft Corporation (XAC) para carregar carga útil superior a 60 toneladas.

Ainda não há maiores informações sobre o novo membro da família de cargueiros aéreos da China. De acordo com fontes locais, o desenvolvimento desse turboélice, cujos motores acionarão hélices de seis pás, encontra-se na fase de definição do design geral. É possível que a evolução do seu desenvolvimento determine importantes modificações, entre elas, substituição dos quatro turboélices por um par de turbofans (provavelmente WS-20 de fabricação local). Estima-se que o Y-30 será capaz de voar a quase 700 km/h (configuração turboélice) e alcançar distâncias entre 6.000 e 7.000 Km, dependendo da carga útil a bordo.

As mesmas fontes indicaram que a AVIC está considerando um variado leque de configurações baseadas em requisitos de potenciais usuários, inclusive civis, notadamente do próprio país . Partindo para uma visão de mercado mais abrangente, é possível que os chineses estejam de olho no nicho de mercado de exportação concorrendo com vários modelos, entre eles, o A400M da Airbus, Lockheed Martin C-130 J Super Hercules, Il-214 MTA  do consórcio russo-indiano UAC/HAL e o KC-390 da Embraer Defesa e Segurança.

Ivan Plavetz