China está construindo o segundo navio-aeródromo

0
1769
Foto 2  PLAN-2ºaircraftcarrier.
Liaoning, o primeiro navio-aeródromo da PLAN. (Imagem: Chinese Internet)

De acordo com o jornal Hong Kong Commercial Daily, o porta-voz da Marinha do Exército de Libertação Popular da China (PLAN), contra-almirante Ding Haichun, confirmou que a China está construindo seu segundo navio-aeródromo, o primeiro projetado totalmente naquele país.

Ao mesmo tempo, informações atribuídas a outro oficial da PLAN, almirante Liu Xiaogang, dão conta que o novo navio-aeródromo seria um projeto melhorado dos da classe Varyag projetados na era soviética. Questionado sobre quantos a China pretende construir, o almirante Xiaogang teria afirmado uma quantidade em torno de seis, e que essa meta dependerá da disponibilidade de recursos.

Em algumas reportagens sobre o assunto, a imprensa chinesa tem noticiado progressos que o país vem alcançando na área de aviação militar embarcada, como por exemplo, desenvolvimento bem sucedido de um tipo de catapulta eletromegnetica equivalente às concebidas pela engenharia estadunidense.

Por outro lado, o governo de Pequim tem se mostrado bastante reticente em revelar seus planos de expansão da frota naval, em especial navios-aeródromos. Informações sobre contratos de aquisição de componentes para esse tipo de meio flutuante são removidas dos portais das empresas envolvidas. Há noticias até mesmo de prisões de pessoas que publicaram imagens contendo detalhes do navio-aeródromo Liaoning, recentemente colocado em serviço na PLAN. Sabe-se que foram tomadas providências para que imagens do interior do estaleiro de Dailan não vazem para o exterior, como por exemplo, construção de muros com altura de 20 metros em alguns locais de sua periferia.

Ivan Plavetz

Fonte: IHS Jane´s Defence Weekly