Brasil e França tratam de cooperação e projetos estratégicos

0
1943

A cooperação entre Brasil e França foi pauta da XI Reunião do Grupo de Trabalho Conjunto (GTC) realizada na semana passada no Ministério da Defesa, em Brasília (DF). Durante o encontro, os membros das delegações brasileira e francesa examinaram a possibilidade de cooperação em várias áreas: Ciência e Tecnologia, Naval, Terrestre, Espacial, entre outras.

Na abertura do evento, o subchefe de Assuntos Internacionais (SCAI), brigadeiro-do-ar Jair Gomes da Costa Santos, definiu que a parceria com a França tem caráter estratégico. “Nossa aliança é de alto nível e esse compromisso se desdobra em todos os possíveis campos da Defesa. Os desafios são grandes, entretanto, os laços que unem nossos países nos motivam a empreender os esforços necessários à construção dos mais diversos entendimentos”, destacou o brigadeiro Santos.

Na ocasião, entre os vários assuntos discutidos, a delegação francesa destacou o interesse em continuar cooperando com o Brasil no Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE), que visa desenvolver a capacitação em gerenciamento de projetos na área.

“O nosso país está disponível para receber o Brasil a fim de prosseguir com a cooperação. Estamos dispostos a colaborar nos aspectos que envolvam a implementação, gestão e operação de sistemas satelitais”, ressaltou o co-presidente interino do GTC, general engenheiro de armamento, Hubert L’Ebraly ao recordar que em 2015 a delegação brasileira teve a oportunidade de conhecer o Comando Conjunto Espacial da França (Commandement Interarmées de L’espace – CIE).

O interesse mútuo de cooperação na área de Ciência e Tecnologia também foi amplamente debatido durante a reunião do GTC.

Na área militar,  Brasil e França mantém relações de cooperação há varias décadas (ImagemTereza Sobreira/MD)
Na área militar, Brasil e França mantém relações de cooperação há varias décadas (ImagemTereza Sobreira/MD)

Além dos entendimentos de cooperação, os participantes também fizeram um balanço das ações realizadas em prol da Defesa dos dois países, desde a X Reunião do GTC. Como exemplo, o Seminário de Indústria Naval, ocorrido em maio deste ano, e a continuidade da disposição do Brasil para atender o interesse da França em executar teste de enlace entre estações terrestres do Syracuse (conexão entre a França Metropolitana e a Guiana Francesa) e o Sistema de Comunicações Militares por Satélite (SISCOMIS).

A próxima Reunião do GTC está prevista para ocorrer no 2º semestre de 2017, na França.


Ivan Plavetz