Argentina receberá treinadores T-6C Texan II

0
1921

De acordo com a imprensa especializada argentina, o Ministério da Defesa daquele país, através de declaração do secretário de logística do organismo, engenheiro Walter Ceballos, concluiu a aquisição de 12 treinadores turboélice T-6C Texan II fabricados pela norte-americana Beechcraft.

A compra aconteceu quatro meses após a proposta ter sido apresentada pelo ministro Júlio Martinez e pelo Chefe do Estado-Maior Geral da Força Aérea Argentina (JEMGFAA), brigadeiro Enrique Amreim, ao presidente Mauricio Macri.

No dia 11 de outubro de 2016, Júlio Martinez e o brigadeiro Amreim realizaram uma explanação sobre as necessidades de reequipamento da Força Aérea Argentina (FAA) com destaque para novos treinadores avançados, aeronaves de transporte médio e a substituição dos caças Mirage.

O pedido correspondente aos T-6C foi atendido tendo em vista a situação crítica da FAA. Ao mesmo tempo, encontra-se em estágio avançado o processo de compra de quatro aviões de transporte médio C295 da Airbus Defence & Space. A aquisição de novos aviões de combate é esperada para 2018, segundo fontes locais.

O requisito inicial de T-6C Texan II era de 24 unidades, mas, por razões financeiras, foi acordado que a princípio seriam encomendados 12 e mais adiante a metade restante.

Segundo as fontes argentinas, a Beechcraft informou que a entrega dos quatro primeiros T-6C para FAA pode ser imediata, de acordo com proposta manifestada por ocasião da aprovação do negócio de 24 exemplares durante a gestão do então presidente Barack Obama.

 

Ivan Plavetz