ARES Aeroespacial e Defesa na Ridex 2018 (RJ)

0
1044
STARMAX, um simulador de treinamento para o atirador do REMAX criado para capacitar os operadores de forma eficiente, minimizando custos e diminuindo atrito de material das Forças Armadas. (Foto: Roberto Caiafa)

No final de junho, no Pier Mauá-RJ, aconteceu a primeira edição da RIDEX (Rio International Defense Exhibition 2018).

Com cerca de 10.000 visitantes durante todo o evento, estiveram presentes, 20 delegações internacionais, o Ministro da Defesa, General Silva e Luna e o Comandante da Marinha do Brasil, Almirante de Esquadra Leal Ferreira, que puderam prestigiar os mais de 100 expositores de diversos países.

O evento foi criado com o objetivo de reunir as principais empresas das áreas de Defesa, Segurança e Offshore, evidenciando a evolução das forças militares e civis, por meio da integração com a indústria, com atividades acadêmicas e com os centros de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia.

Espaço da ARES na RIDEX 2018

A ARES é uma empresa preparada para servir com excelência as forças Armadas Brasileiras (há mais de 45 anos) e esteve presente no evento demonstrando suas principais soluções para emprego Naval e Terrestre.

No stand da empresa foi possível conhecer o operar todos os produtos exibidos.

Dentre os destaques do espaço, o sistema STARMAX, um simulador de treinamento para o atirador do REMAX criado para capacitar os operadores de forma eficiente, minimizando custos e diminuindo atrito de material das Forças Armadas, auxiliando na capacitação de tropas ao mesmo tempo em que reduz os fatores de riscos inerentes à atividade militar.

Utilizando cenários 3D e funções que emulam todas as funcionalidades do REMAX, o sistema capacita o operador em sala de aula ou na viatura, com avaliações que mostram a evolução do desempenho para alvos estáticos, alvos em movimentos, treinamentos de motricidade e diversos cenários com diferentes níveis de dificuldade, desse modo preparando o operador para atuar com mais eficácia e precisão em campo.

A empresa também apresentou o Sistema de Combate ATENA, já adotado pela Marinha do Brasil, que integra e permite o controle de diversas operações e estações de armas do navio através de apenas um sistema de comando.

A solução MICRO ATENA, um sistema eletro-óptico (EOS) para observação diurna e noturna, com zoom contínuo, câmera térmica e colorida, telêmetro laser e capacidade para rastreamento automático de alvos (target auto tracking), é apresentada na forma de uma torreta com giro e rotação estabilizados.

Capaz de realizar interface com plataformas de comando e controle (C2), direção de tiro e sistemas de navegação, pode ser facilmente instalada em pequenas embarcações ou em áreas urbanas para monitoramento de apoio às Forças Militares e Policiais.

Todo o suporte deste equipamento é realizado no Brasil, garantindo ao usuário economia e rápido atendimento para qualquer tipo de manutenção.