Airbus investe € 25 milhões em suas instalações aeroespaciais na Alemanha.

0
563
MERLIN é um projeto de satélite franco-alemão cujo objetivo é medir a concentração de gás metano na atmosfera terrestre com o intuito de compreender melhor as mudanças climáticas.

A Airbus está expandindo suas atividades aeroespaciais em suas instalações em Ottobrunn/Taufkirchen, próximo a Munique.

A empresa atingiu dois importantes marcos, com Markus Söder, Ministro-Presidente da Baviera, e Dirk Hoke, CEO da Airbus Defence and Space, dando o sinal verde para a modernização da linha de produção de painéis solares para satélites e para a expansão de uma sala estéril para instrumentos óticos de satélites.

No total, a empresa investirá aproximadamente 25 milhões de euros.

Em fevereiro de 2019, a Airbus dará início à construção de uma fábrica de Indústria 4.0 que automatizará e digitalizará a produção de painéis solares para satélites.

Isso inclui uma reforma completa do prédio onde acontece a produção, que passará a ter 5.500m², uma expansão de 800m².

Uma linha de montagem robótica também será implantada.

Esse investimento de € 15 milhões comprova a habilidade da empresa de se manter competitiva no mercado global, ao passo que a linha de montagem automatizada permitirá que tanto o tempo de produção quanto os custos sejam reduzidos pela metade.

Essa tecnologia de ponta garantirá 170 empregos, além de ajudar a empresa a maximizar oportunidades futuras de crescimento, tais como constelações de satélites ou abordagens “New Space”.

Adicionalmente, projetos atuais de pesquisa de última geração receberão apoio, especialmente na área de satélites científicos, como a missão de Júpiter ou as missões rumo ao Sol ou Mercúrio.

Além disso, a Airbus usará a sala estéril (que terá seu tamanho aumentado em 250m², passando a ter 1.700m²) para a integração de instrumentos óticos a serem utilizados em satélites. A Airbus investiu mais de € 10 milhões nessa área de suas instalações em Ottobrunn/Taufkirchen.

A nova sala estéril será usada por cerca de 150 funcionários da unidade de negócios de Instrumentos Óticos para a construção dos instrumentos da MERLIN (Methane Remote Sensing Lidar Mission).

MERLIN é um projeto de satélite franco-alemão cujo objetivo é medir a concentração de gás metano na atmosfera terrestre com o intuito de compreender melhor as mudanças climáticas.

“As instalações aeroespaciais em Ottobrunn/Taufkirchen não só vêm marcando a história da tecnologia de ponta nos últimos 60 anos, como também estão ativamente moldando o futuro. Hoje, nossa linha de produção de painéis solares marca nossa entrada na era da Indústria 4.0, com nossas instalações contando a partir de agora com a maior sala estéril para integração de instrumentos óticos a satélites em toda Alemanha. Isso vai melhorar nossa competitividade em todo o mundo, além de contribuir para a manutenção de empregos no local”, afirma Dirk Hoke, CEO da Airbus Defence and Space.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here