Airbus D&S vence FWSAR

0
669

O ministro da Defesa do Canadá, Harjit Sajjan, o ministro de Aquisições para Serviços Públicos do Canadá, Judy Foote, e o comandante da Real Força Aérea do Canadá (RCAF conforme sigla em inglês), tenente-general Michael Hood, anunciaram que a proposta da Airbus Defence & Space, envolvendo uma versão do seu C295 customizada, venceu a concorrência Fixed-Wing Search and Rescue (FWSAR).

O projeto, cujo montante financeiro envolvido gira em torno de US$ 3 bilhões, está dividido em duas partes. A primeira corresponde à aquisição das aeronaves e a segunda aos recursos para 20 anos de serviços de suporte operacional. A Airbus D&S estabeleceu parceria com a local Provincial Aerospace, que prestará suporte operacional para as plataformas aéreas. Os C295 são equipados com motores turboélices Pratt & Whitney Canada. A também canadense CAE proverá programas de treinamento para as tripulações, incluindo em simuladores.

O FWSAR teve como meta selecionar um modelo de aeronave de asas fixas para substituir a frota de seis veteranos de Havilland Canada CC-115 Buffalo e 13 Lockheed Martin CC-130 Hércules da RCAF dedicados a executar tarefas de busca e salvamento (SAR). A substituição desses aviões vem sendo objeto de estudos desde 2004, e as últimas requisições de propostas (RFP conforme sigla em inglês) foram entregues pelos concorrentes em janeiro deste ano.

Originalmente, o número de aeronaves a serem adquiridas no âmbito FWSAR foi estabelecido em 17 unidades. As mudanças na quantidade deverão ser feitas em função das necessidades do país e da disponibilidade de recursos financeiros. Estima-se que as primeiras aeronaves comecem a operar em 2023.

 

Ivan Plavetz
Fonte: Ottawa Citizen