Airbus D&S e o Space Data Highway

0
907

A Airbus Defence & Space colocou em marcha o serviço inicial do SpaceDataHighway, o que constitui um importante passo adiante na velocidade das comunicações espaciais. As comunicações laser de banda ultra-larga, em combinação com a posição orbital geoestacionária de satélites de retransmissão, possibilitam a prestação de serviços de transferência de dados único, seguro e quase em tempo real.

Graças à tecnologia laser desenvolvida pela Tesat Spacecom, o SpaceDataHighway poderá transferir grandes volumes de informação (até 40 terabites por dia) procedentes de satélites de observação da Terra e de plataformas aerotransportadas, incluindo a Estação Espacial Internacional (ISS), e velocidade de transferência de até 1,8 gigabytes/segundo.

Os satélites Sentinel de observação da Terra, que formam parte do programa Copernicus da Comissão Europeia, serão os primeiros a aproveitar esses serviços de nova geração.

“A SpaceDataHighway não é ficção cientifica. É uma realidade que revolucionará as comunicações via satélite. Transformará por completo a forma como é possível gerenciar crises humanitárias, a segurança marítima e a proteção do meio ambiente”, avaliou Evert Dudok, diretor de negócios para linhas de comunicações, inteligência e segurança (CIS) da Airbus Defence & Space.

O programa SpaceDataHighway é resultado da cooperação  público-privada entre a Agencia Espacial Europeia (ESA) e a Airbus Defence & Space. O Centro Aeroespacial da Alemanha (DLR) também é patrocinador-chave do programa.

Magali Vaissière, diretora de telecomunicações e aplicações integradas da ESA, disse que por ser o primeiro serviço comercial de retransmissão de dados do mundo que utiliza tecnologia laser, o sistema EDRS-SpaceDataHighway é o melhor exemplo de inovação orientada para o futuro. De acordo com Vaissière, a ESA seguirá colaborando com seus sócios, Airbus Defence & Space e Comissão Européia, para continuar superando os limites tecnológicos.

Ivan Plavetz