Airbus Defence & Space entrega o primeiro A400M para Espanha

0
575

A Força Aérea da Espanha recebeu o primeiro avião militar de transporte Airbus Defense & Space A400M, o mais avançado avião produzido naquele país e destinado a transformar a capacidade de mobilidade da sua frota aérea militar.

A entrega do primeiro exemplar correspondente ao contrato de aquisição de 27 unidades que faz da Espanha o sexto país a colocar o A400M em serviço.

Em Sevilha, local onde está instalada a linha de montagem final do A400M, representantes da Força Aérea da Espanha e do Ministério da Defesa, aceitaram formalmente a aeronave, identificada pela Airbus D&S como MSN44.

Fernando Alonso, presidente da Airbus D&S para a área de aviação  militar, disse: “Hoje é um dia especial para nós envolvidos com o programa A400M por vários anos, em especial para a força de trabalho de Sevilla que se esforçou para fazer desse avião uma realidade. As entregas para todos os usuários é altamente importante, mas ser capaz de entregar o primeiro avião para a Espanha a partir de nossa linha de montagem final em Sevilha é uma fonte de orgulho particular”.

Na Espanha o A400M substituirá o veterano C-130 Hercules, carregando o dobro da carga útil ao longo da mesma distância ou até a mesma carga duas vezes mais longe. Adicionalmente, também poderá servir como reabastecedor aéreo para outras aeronaves de transporte, incluindo outro A400M. Capaz de voar a velocidades de um jato puro, o A400M tem capacidade de cumprir extensas rotas intercontinentais graças aos seus quatro potentes motores de design aerodinâmico avançado, bem como operar repetidamente a partir  de pistas  curtas e despreparadas nas proximidades dos cenários de ações militares  ou de crise humanitária.

Conforme o acordo assinado em setembro, 14 A400M serão entregues para a Espanha até 2022 e os 13 restantes estão programados para até 2025. A frota espanhola ficará baseada em Zaragoza, norte do país, e desempenhará a função de transporte pesado ao lado dos médios C295 e C235, bem como dos leves C212,todos produzidos pela Airbus D&S.

 

Ivan Plavetz