AF-1 sofre acidente com quebra de trem de pouso e princípio de incêndio.

0
1843
O caça AF-1 N-1013 acidentado - trem de pouso colapsado, radome quebrado, danos de monta no radar e sensores - retorno a condição de voo vai demorar.

MARINHA DO BRASIL

COMANDO DO 1º DISTRITO NAVAL

MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 1º DISTRITO NAVAL

NOTA À IMPRENSA

Rio de Janeiro, RJ. Em 21 de outubro de 2019.

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 1º Distrito Naval, informa que hoje (21), por volta das 7 horas, ocorreu um acidente aeronáutico na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia.

Na ocasião, uma aeronave do 1º Esquadrão de Interceptação e Ataque, durante procedimento de decolagem, teve uma avaria e excedeu a pista de pouso. O piloto não sofreu ferimentos e passa bem.

A MB iniciou a investigação da ocorrência aeronáutica, que deverá, em 180 dias, apresentar os resultados apurados.

Contato: Assessoria de Imprensa do Comando do 1º Distrito Naval

Telefones: (21) 2104-5763/(21) 99367-7032

Email: assessoriaimprensa1dn@gmail.com/imprensa.1dn@gmail.com

Marinha do Brasil

A Nota da Marinha do Brasil apenas ratifica o que vídeos enviados por fonte já confirmavam, o acidente com um caça AF-1 ocorrido na Base Aérea e Naval de São Pedro da Aldeia (RJ).

Fontes desta reportagem informam que o acidente/incidente teve origem em uma decolagem de elemento (dois caças decolando juntos, um mono e um biplace) para realizar um treinamento.

Durante a corrida de decolagem o avião líder teria apresentado um problema no motor e o piloto decidiu abortar a manobra.

O ala seguiu a decisão do líder, porém não conseguiu manter a aeronave N-1013 na pista, saindo da mesma a esquerda, ocasionando a quebra (colapso) do trem de pouso e arrasto do nariz contra o solo.

A fricção resultante iniciou um incêndio.

O piloto saiu do avião sem maiores consequências, ileso.

A equipagem de bombeiros da base interveio e o caminhão auto-bomba lançou espuma retardante sobre a aeronave no exato momento em que o combustível ignitou, evitando a perda de material total.

Veja neste link outro acidente/incidente com esta aeronave (clique aqui)