Acompanhe o A-140 Atlântico em sua viagem para o Brasil (On-Line).

0
4190
O navio adentrou o porto na foz do Rio Tejo nesse sábado (04/08), quando chegou a Lisboa (Portugal), onde faz escala.

O Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) Atlântico zarpou na última quarta-feira (1º de agosto) da Base Naval de Devonport em Plymouth (Reino Unido) com destino ao Brasil.

O navio adentrou o porto na foz do Rio Tejo nesse sábado (04/08), quando chegou a Lisboa (Portugal), onde faz escala (clique aqui para ver o mapa).

O Atlântico deverá chegar ao Brasil somente na segunda quinzena de agosto. Foi incorporado à Marinha no dia 29 de junho.

O navio foi adquirido por £ 84 milhões e adaptado/reparado pelas companhias Babcock e BAE Systems antes de ser entregue para a Marinha do Brasil.

Após a incorporação, o navio passou por um intenso programa de treinamentos no porto e no mar com o reconhecido e rigoroso Centro de Instrução da Marinha do Reino Unido (Flag Officer Sea Training ou FOST).

Projetado para operar com até sete aeronaves em seu convoo e mais doze no hangar, o PHM Atlântico pode transportar até 800 Fuzileiros Navais e projetá-los do mar para terra através de movimentos helitransportados ou de superfície, empregando suas quatro lanchas de desembarque, a partir de uma distância de até 200 milhas da costa (cerca de 321 km).

Possui, ainda, diversas salas de planejamento para uso de Estado-Maior.

É dotado de um Sistema de Combate que integra o Sistema de Comando e Controle LPH CMS, configurado com quatro canhões de 30mm DS30M Mk2 (armamento), dois Radares 1007, um Radar 1008 e do moderníssimo Radar Artisan 3D 997 (sensores), com elevada capacidade de detecção e acompanhamento.