Acidente com A-29 Super Tucano no “Light Attack Experiment” vitimou piloto da US Navy.

0
12044
A área conhecida como Red Rio Bombing Range, parte da área de testes de mísseis e polígono de tiro White Sands Missile Range, ao norte de Holloman.

A US Navy (Marinha dos EUA) informou em nota oficial o falecimento do aviador naval tenente Christopher Carey Short no acidente com o Embraer/Sierra Nevada A-29 Super Tucano na ultima sexta-feira (22 de junho).

O turboélice de ataque e treinamento avançado estava participando do “Light Attack Experiment”, durante a segunda fase de avaliações (até seis saídas diárias com emprego de armamento real) empreendidas pela Força Aérea dos EUA.

O comunicado a imprensa cita um aviador naval atuando no “Light Attack Experiment”, programa de avaliação entre o A-29 Super Tucano da Sierra Nevada/Embraer e o AT-6 da Beechcraft/Textron, e conduzido pela Força Aérea dos Estados Unidos (USAF).

Um indicativo robusto de que a decisão da USAF sobre qual plataforma adotar deverá ser acompanhada pelo United States Marine Corps? O que fazia um piloto da reserva da US Navy voando o ST numa avaliação da USAF?

Os resultados da investigação podem influir nessa compra? De certo, esse acidente não chega em uma boa hora para o consórcio Sierra Nevada/Embraer Defesa & Segurança…

Nota Oficial – Marinha dos EUA/US Navy identifica vítima

A Marinha dos EUA anunciou a morte de um piloto envolvido em um acidente na Base da Força Aérea Holloman, New Mexico.

O tenente Christopher Carey Short, de Canandaigua, Nova York, morreu no dia 22 de junho quando a aeronave A-29 que pilotava caiu durante uma missão na área conhecida como Red Rio Bombing Range, parte da ártea de testes de mísseis e polígono de tiro White Sands Missile Range, ao norte de Holloman.

“Não há como descrever o choque dessa perda e a tristeza que sentimos por sua família”, disse o coronel Houston Cantwell, comandante da 49ª Ala de Holloman. “Ele fez um trabalho pioneiro na aviação que ajudará a moldar o poder aéreo americano nos próximos anos. Somos gratos por tê-lo conhecido e gratos por sua devoção ao dever.”

A causa do acidente está sob investigação.

Imagens: USAF/US NAVY/ Embraer Defesa & Segurança