A-1M AMX da ALA 4 sofre princípio de incêndio durante giro de motor (run up)

0
2284
Os maiores danos estão na cauda da aeronave, que pode ser reparada. Os aviônicos e sistemas eletrônicos, aparentemente, foram preservados.

Aeronave AMX A-1M da Ala 4, durante manutenção de rotina, encontrava-se realizando teste de parâmetros no motor no dia 17 de abril (quarta-feira) quando houve uma falha mecânica que provocou um princípio de incêndio na parte traseira da aeronave.

Foram empregados os meios de combate à incêndio da Ala 4 e do Corpo de Bombeiros de Santa Maria para evitar danos maiores à aeronave.

A ALA 4 foi matéria de capa da edição Nº 154 da Revista Tecnologia & Defesa.
modernização da aeronave A-1 na empresa Embraer de Gavião Peixoto são paulo

 

Todos procedimentos de precaução foram adotados para que o fogo não voltasse a ocorrer e a aeronave está agora sendo reparada para retornar a sua atividade de voo normal.

O problema ocorreu em área isolada, construída especificamente para esse tipo de teste.

Os procedimentos de segurança se mostraram adequados e os danos materiais foram os menores possíveis.

A equipe de manutenção que trabalhava na aeronave não sofreu ferimentos.

Fonte: ALA 4/Força Aérea Brasileira

Aeronave acidentada durante a Cruzex 2013, quando realizava sua estréia operacional.(Foto: Roberto Caiafa)