10 empresas brasileiras na Eurosatory 2018 (ABIMDE/APEX).

0
979
A presença de 10 empresas brasileiras em Paris, entre os dias 11 a 15 de junho, contou mais uma vez com o decisivo apoio da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e do Ministério da Defesa.

O Brasil e sua Base Industrial de Defesa estiveram bem representados na França, onde aconteceu a Eurosatory 2018, uma das feiras de defesa e segurança mais importantes e conceituadas do mundo.

A presença de 10 empresas brasileiras em Paris, entre os dias 11 a 15 de junho, contou mais uma vez com o decisivo apoio da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e do Ministério da Defesa.

A Abimde (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) montou mais uma vez o seu tradicional pavilhão onde as 10 empresas brasileiras expuseram seus produtos, serviços e inovações tecnológicas.

O set de empresas brasileiras associadas à ABIMDE presentes na Eurosatory 2018 incluiu a Atech Negócios em Tecnologias, especializada no desenvolvimento de soluções de missões crítica, como sistemas de comando e controle, segurança cibernética, sistemas embarcados, simuladores, sistemas de instrumentação e controle e treinamento.

A Avibras Indústria Aeroespacial, desenvolvedora de tecnologia nas áreas de aeronáutica, espaço, eletrônica, veicular e defesa, apresentou seus mundialmente famosos sistemas de defesa ar-terra e terra-terra, aeronaves remotamente pilotadas e mísseis;

Já a Condor Non-Lethal Technologies, focada no conceito não letal, levou a Paris suas munições não letais e pirotécnicos de alta tecnologia, para emprego em sinalização e salvatagem;

Uma das maiores empresas de Defesa brasileiras, a CBC – Companhia Brasileira de Cartuchos – considerada “arsenal nacional brasileiro” pelo seu completo portfólio de munições militares, é hoje uma fornecedora homologada para países da OTAN e produz, inclusive, munições de médios calibres;

A Embraer Defesa & Segurança ofereceu uma linha completa de soluções integradas como C4I, radares, sistemas integrados de monitoramento e vigilância de fronteiras, bem como aeronaves militares e de transporte de autoridades;

Tradicional fabricante de armas de uso individual, sendo considerada a maior produtora mundial de revólveres, a Taurus esteve presente em Paris com um portfólio completo de produtos composto por revólveres, pistolas, submetralhadoras, fuzis, carabinas, rifles e espingardas;

 

promissora MAC JEE Indústria Comércio apresentou os últimos desenvolvimentos de seu sistema lançador de foguetes Armadillo TA-2, uma plataforma veicular totalmente automática, adaptável para qualquer equipamento que necessite ficar oculto e protegido durante a fase não ofensiva (morteiro, mísseis terra-ar V/SHORAD, estações de armamento remotamente controlado, etc.) – brevemente a campanha de ensaios deverá ter lugar nas instalações da empresa, seguido de uma campanha de testes e avaliações a serem realizadas no Centro de Avaliações do Exército Brasileiro (CAEx);

Especializada em assessoria logística e legal para exportação e importação, a M & K elabora toda a documentação de embarque, obtém as autorizações junto ao Exército (SFPC e DFPC), oferece ainda assessoria na homologação de embalagens, contratação de serviços portuários e contratação de transportes e agentes no exterior, entre outras ações;

Com uma importante atuação em programas militares brasileiros, a Omnisys Engenharia (subsidiária do Grupo Thales) presta serviços em sistemas para aplicações aeronáuticas e navais e soluções espaciais, de telecomunicações e atividades industriais, soluções de guerra eletrônica e software embarcado;

Outra importante subsidiária, mas dessa vez da Embraer Defesa & Segurança, a empresa Savis é dedicada a desenvolver, projetar, certificar, industrializar, integrar e implantar sistemas e serviços na área de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON) e Proteção de Estruturas Estratégicas (PROTEGER), de acordo com as diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa implementada em 2008.