10 anos do primeiro voo de um astronauta brasileiro

0
1286
(left to right) International Space Station Expedition 13 crew member, Russian Cosmonaut Pavel Vinogradov, Soyuz crew member, Brazilian Space Agency Astronaut Marcos Pontes, and Expedition 13 crew member, NASA Astronaut Jeff Williams, pose for the media during a tour of the Soyuz assembly building at the Baikonur Cosmodrome, Baikonur, Kazakhstan. Sunday, March 26, 2006. Photo Credit: "NASA/Bill Ingalls"
Imagem 2 Brasil-Espaço
O tenente-coronel Cesar Pontes a bordo da ISS (Imagem: Agência Força Aérea)

Nesta semana foi comemorado o 10º aniversário do histórico voo espacial realizado pelo tenente-coronel-aviador Marcos César Pontes, o primeiro astronauta brasileiro. Naquela data, às 23 horas e 30 minutos, em 2006, o foguete Soyuz decolou do Cosmódromo de Baikonour, no Cazaquistão, levando a nave Soyuz TMA-8 com o oficial da Força Aérea Brasileira (FAB) e mais dois tripulantes a bordo. Essa foi a 36ª missão espacial do gênero.

Na bagagem, além de experimentos científicos educacionais, o astronauta levou uma Bandeira do Brasil, uma camiseta da Seleção Brasileira de Futebol, uma réplica do chapéu modelo “Panamá” e um lenço original do Pai da Aviação, o brasileiro Alberto Santos-Dumont, que 100 anos antes conseguiu colocar no ar o 14 Bis. Para homenagear esse pioneirismo, a ida do brasileiro ao espaço foi batizada de Missão Centenário.

(Imagem: NASA)

Ao todo, foram dez dias no espaço, sendo oito na Estação Espacial Internacional (ISS) e dois a bordo das naves Soyuz TMA-8 e TMA-7 (ida e volta, respectivamente). Em 1º de abril, a nave acoplou à ISS e o tenente-coronel deu início aos oito experimentos selecionados pela Agência Espacial Brasileira (AEB).

O retorno no dia 08 de abril foi bem sucedido. A operação de reentrada foi o procedimento mais arriscado. Ao ser resgatado, Marcos Pontes afirmou: “Vencemos”!

Ivan Plavetz